CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Confiança da indústria cai 1,6% em maio, diz FGV

Queda é registrada em comparação com o mês anterior e trata-se do quarto mês seguido de queda, ainda que num ritmo mais fraco; o índice atingiu o menor nível da série iniciada em outubro de 2005

12122013 - Especial Polo Automotivo MAN Resende. (Foto: Gisele Federicce)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança da Indústria (ICI) brasileira caiu 1,6 por cento em maio sobre o mês anterior, quarto mês seguido de queda ainda que num ritmo mais fraco, e atingiu o menor nível da série iniciada em outubro de 2005.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta quarta-feira que o ICI atingiu 71,6 pontos em maio, ante 72,8 pontos em abril, quando registrou queda de 3,4 por cento na comparação com o mês anterior.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Em maio, houve diminuição da satisfação com a situação presente dos negócios e queda do nível de utilização da capacidade, sinalizando um fraco desempenho produtivo do setor no segundo trimestre", disse o superintendente adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr.

Segundo os dados da FGV, o Índice da Situação Atual (ISA) caiu 2,0 por cento, para 74,6 pontos. Por sua vez, o Índice de Expectativas (IE) teve queda de 1,3 por cento, para 68,7 pontos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada recuou 0,9 ponto percentual, para 79 por cento em maio, menor nível desde maio de 2009 (78,9 or cento).

Em março, a produção da indústria brasileira recuou 0,8 por cento sobre o mês anterior, encerrando o primeiro trimestre com queda acumulada no ano de 5,9 por cento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

(Por Camila Moreira)

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO