Copom corta taxa básica de juros em 0,5 ponto e prevê reduções equivalentes à frente

Foi a terceira diminuição consecutiva na Selic

Roberto Campos Neto e Banco Central
Roberto Campos Neto e Banco Central (Foto: ABr)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O Comitê de Política Monetária (Copom), ligado ao Banco Central (BC), decidiu nesta quarta-feira (01) reduzir a Selic em 0,5 ponto percentual, de 12,75% ao ano para 12,25% ao ano, o menor nível desde o início de maio de 2022 - quando estava em 11,75% ao ano. Foi a terceira diminuição consecutiva na taxa básica de juros, que começou a recuar em agosto deste ano. 

O BC afirmou que sua diretoria antevê reduções equivalentes nas próximas reuniões. "Os membros do Comitê, unanimemente, anteveem redução de mesma magnitude nas próximas reuniões e avaliam que esse é o ritmo apropriado para manter a política monetária contracionista necessária para o processo desinflacionário", informou o Comitê de Política Monetária (Copom) em comunicado.

continua após o anúncio

O corte de 0,50 ponto nos juros básicos na reunião deste mês foi decidido por unanimidade, assim como ocorreu em setembro. Na reunião de agosto, a decisão foi dividida.

A decisão está em linha com a expectativa do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que expressou, antes da confirmação do corte, o desejo de o BC manter o ritmo de reduções da taxa básica de juros que tem adotado desde agosto. Em suas duas últimas reuniões de política monetária, o BC cortou a Selic em 0,5 ponto percentual e indicou que manteria esse passo nas últimas duas reuniões do ano. >>> Fed deixa taxa de juros inalterada, mas reconhece que economia dos EUA está "forte"

continua após o anúncio

O Copom é formado pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, e por oito diretores do banco. Integrantes do comitê se reúnem a cada 45 dias para definir o patamar da Selic, principal instrumento de política monetária utilizado pelo BC para o controle da inflação. A taxa influencia todas as taxas de juros no Brasil, como as taxas de empréstimos, de financiamentos e de aplicações financeiras.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247