Copom defende corte nos juros “com parcimônia”

Ata do Comit do Banco Central, presidido por Alexandre Tombini, muda o discurso vigente at o ms passado, que indicava um piso para a Selic em 9% ao ano

Copom defende corte nos juros “com parcimônia”
Copom defende corte nos juros “com parcimônia” (Foto: ANTONIO CRUZ-ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - Novas reduções da taxa básicas de juros, a Selic, devem ser conduzidas com parcimônia, segundo a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), divulgada hoje (26).

O documento destaca que “mesmo considerando que a recuperação da atividade vem ocorrendo mais lentamente do que se antecipava, o Copom entende que, dados os efeitos cumulativos e defasados das ações de política [reduções da taxa Selic] implementadas até o momento, qualquer movimento de flexibilização monetária adicional deve ser conduzido com parcimônia” 

Com o documento divulgado hoje, o Banco Central muda o discurso vigente até o mês passado - que indicava um piso para a taxa básica de juros, a Selic, em 9% ao ano. Na ata de março, o Compom informava que a Selic estava se deslocando para patamares “ligeiramente acima dos mínimos históricos, e nesses patamares se estabilizando”. A menor taxa já registrada foi 8,75% ao ano, de julho de 2009 até o final de abril de 2010, quando subiu para 9,5% ao ano. Agora, o BC indica a possibilidade de novas reduções, mas com parcimônia.

Em março deste ano, o BC reduziu a taxa Selic de 10,5% para 9,75% ao ano. Na reunião deste mês, houve nova redução de 0,75 ponto percentual para 9% ao ano.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email