Correndo para a bolsa

Famosa pela equipe brasileira de Frmula 1 nos anos 70, Copersucar est a caminho da abertura de capital

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_Quem não se lembra da Copersucar, a primeira experiência brasileira com uma equipe de Fórmula 1? Era a segunda metade dos anos 70 e a família Fittipaldi estava à frente do projeto de um time verde-amarelo na principal categoria do automobilismo mundial. Agora, a Copersucar está de volta à vida do brasileiro. Não será nas pistas, mas na bolsa de valores. A empresa está a um passo de fazer sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Em janeiro, o presidente Roberto Pogetti adiantou que, para dar sequencia aos planos de investimento de R$ 1,5 bilhão, a captação no mercado acionário era uma das principais saídas para a companhia. Nos últimos dias, os bancos Itaú Unibanco, Morgan Stanley e Bradesco já estariam trabalhando em conjunto para protocolar na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o prospecto inicial com as informações detalhadas.

A Copersucar é uma das principais produtoras e exportadoras de açúcar e etanol do País. Para este ano, a empresa irá produzir 4,4 milhões de açúcar e 4,1 bilhões de litros de etanol. O faturamento vai chegar a R$ 11,3 bilhões, crescimento de 43% sobre o resultado do ano passado. Para o combustível da cana, cerca de 18% serão exportados na safra 2010/11. Os principais destinos são Estados Unidos, África do Sul e Paquistão. Na bolsa, a Copersucar poderá ser comparada aos papéis da Cosan, que estão em baixa de pouco mais de 21% neste ano.

Além do patrocínio e do nome da equipe brasileira de Fórmula 1, a Copersucar esteve entre as principais incentivadoras do uso do etanol como combustível. Nos anos 80, a empresa ficou famosa com a propaganda: “carro a álcool: você ainda vai ter um”. Era o começo dos testes para a implementação de uma nova matriz energética no país.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email