Crédito imobiliário via web

Sites oferecem servio especializado de simulao de financiamento imobilirio. E o melhor: sem custo para o cliente

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lu Miranda_247 – Quem nunca peregrinou de banco em banco em busca de aprovação de crédito ou de taxas de juros menores no financiamento imobiliário? Na procura pelo imóvel próprio, a fase mais desgastante é a longa espera pelo atendimento com o gerente e a burocracia na busca por documentos e comprovação de renda. O que muitos candidatos a mutuário não sabem é que existe um serviço oferecido via internet que poupa boa parte do esforço empregado em todo esse processo. São sites especializados em fazer a ponte entre o cliente e a instituição financeira. Através de simulações de crédito, essas empresas buscam a melhor condição de juros no mercado para cada perfil de renda. Com um detalhe adicional: o serviço é gratuito!

Esse serviço conhecido em países da Europa e nos Estados Unidos é uma novidade no mercado brasileiro. O Canal do Crédito é pioneiro e já atendeu 10 mil interessados em simular o financiamento do seu imóvel sem cobrar nada. O site faz parte de um grupo de investidores de risco (venture capital) e recebe uma participação da instituição financeira para cada negócio fechado. “No modelo dos bancos para a remuneração da concessão de crédito, os canais alternativos recebem à medida que geram um volume alto de operações”, afirma Marcelo Prata, criador do Canal do Crédito. A porcentagem recebida por ele, porém, é mantida em sigilo. Hoje, o financiamento imobiliário representa 4% do PIB brasileiro. Em 2014, será 10% projeta a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). A Credipronto, uma parceria entre a imobiliária Lopes e o Itaú Unibanco, é outra empresa que oferece a consultoria gratuita para a obtenção do financiamento imobiliário, mas com exclusividade para as duas marcas.

O primeiro passo para fazer a simulação do crédito é informar o valor do imóvel, o prazo de financiamento, o valor da entrada e a idade. A partir dessas informações, é possível ter uma ideia das parcelas inicial e final e se essas prestações vão caber no bolso. Passada essa fase, que ainda não define os preços finais, dados cadastrais são solicitados para, aí sim, uma avaliação ser feita pela empresa. Nesse estudo, o cliente vai saber qual o banco que oferece mais vantagem na oferta do financiamento imobiliário. A empresa cuida de todo o processo de documentação, avaliação e aprovação (ou não) do crédito até a liberação do dinheiro na conta do vendedor do imóvel. Nos dois casos, não importa a renda do cliente ou o valor do imóvel. Apesar dos dados serem adiantados pela internet, o sigilo é garantido. As informações pessoais do cliente são preservadas e ficam apenas com a empresa prestadora do serviço e o banco. O salário até R$ 4,9 mil e o imóvel até R$ 170 mil podem garantir um financiamento com recursos do FGTS, com taxas de juros menores. Acima desses perfis, as empresas buscam outras linhas de crédito.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email