CVC vai encarar a bolsa de valores

Apesar da crise na economia global, agncia de turismo criada por Guilherme Paulus registra pedido de abertura de capital na CVM

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_A crise da economia global parece não assustar os acionistas da CVC, uma das mais populares agências de viagens do País. E o problema não é a confiança nas vendas de pacotes turísticos. A empresa fundada por Guilherme Paulus e controlada pelo fundo de private equity Carlyle inspirou coragem ao registrar seu pedido de abertura de capital (IPO, oferta pública inicial de ações, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para listar suas ações na BM&FBovespa. O passo ousado, porém, pode ser frustrante neste momento de incerteza mundial.

Há poucas semanas, a Coopersucar, uma das maiores exportadoras de açúcar e etanol, cancelou seu IPO na véspera da estreia na bolsa de valores com receio do fracasso na captação de recursos. A empresa pretendia atrair mais de R$ 1 bilhão, mas não conseguiu interessados para as suas ações. É bom lembrar que os investidores estrangeiros têm peso fundamental nos lançamentos de novas ações, chegando a comprar mais de 90% dos papéis à venda. Se justamente esses compradores estão fugindo do risco, o nível de confiança para encarar uma estreia na bolsa de valores precisa ser alto.

O prospecto definitivo da oferta da CVC ainda não foi publicado, mas a perspectiva de captação deve ser maior que R$ 1,5 bilhão. Como comparação, a Qualicorp, grupo de planos de saúde que também pertencia ao Carlyle e estreou na bolsa de valores em junho, atraiu pouco mais de R$ 1 bilhão. A operação terá o Itaú BBA como coordenador líder, sendo auxiliado por Morgan Stanley, Bank of America Merrill Lynch e BTG Pactual. E o papel será listado no Novo Mercado da BM&FBovespa.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email