Delirando, Bolsonaro promete "os combustíveis mais baratos do mundo"

Sem citar a política de preços dos combustíveis, Bolsonaro, em agenda na Bahia, voltou a culpar os governadores que se manifestaram contra lei que reduz cobrança do ICMS

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução- redes sociais)


247 - Durante agenda política em Salvador, na Bahia, Jair Bolsonaro (PL) prometeu “um dos combustíveis mais baratos do mundo”. Neste sábado (2), o chefe do Executivo federal participa de uma motociata na capital baiana. Antes do passeio, ele discursou a apoiadores, de acordo com reportagem do Metrópoles. 

Sem citar a política de preços adotada pela Petrobrás que provoca o aumento dos combustíveis, o mandatário da República voltou a criticar governadores da região Nordeste que, na última semana, protocolaram uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei que dispõe sobre a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis. Além dos nove estados nordestinos, a ação foi protocolada pelos governos do Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.

Em 23 de junho, Bolsonaro sancionou a lei aprovada pelo Congresso Nacional

Na ação apresentada ao Supremo, os governadores argumentam que a lei representa uma intervenção inédita da União sobre os entes da federação por meio da desoneração e apontam que a competência para definir as alíquotas de tributos estaduais e distritais é apenas dos governos respectivos.

“Lamento que os nove governadores do Nordeste tenham entrado na Justiça contra a redução de impostos na gasolina. Isso é inadmissível. […] Vamos acreditar que a Justiça não dará grande causa a essas pessoas. E nós seremos, brevemente, assim como já baixei ou zerei a maioria dos impostos federais, teremos um dos combustíveis mais baratos do mundo”, afirmou o presidente.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email