Depois que Temer comprou deputados, Parente aumenta a gasolina

Michel Temer compra deputados e Pedro Parente, presidente da Petrobrás, aumentará os preços dos combustíveis para cobrir o rombo nos cofres públicos. Para compensar os R$ 4 bilhões gastos por Temer para se safar, a estatal aumentará em 0,2% o preço da gasolina e 1%  para o diesel nas refinarias

Michel Temer compra deputados e Pedro Parente, presidente da Petrobrás, aumentará os preços dos combustíveis para cobrir o rombo nos cofres públicos. Para compensar os R$ 4 bilhões gastos por Temer para se safar, a estatal aumentará em 0,2% o preço da gasolina e 1%  para o diesel nas refinarias
Michel Temer compra deputados e Pedro Parente, presidente da Petrobrás, aumentará os preços dos combustíveis para cobrir o rombo nos cofres públicos. Para compensar os R$ 4 bilhões gastos por Temer para se safar, a estatal aumentará em 0,2% o preço da gasolina e 1%  para o diesel nas refinarias (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Petrobras vai aumentar o preço dos combustíveis nas refinarias a partir desta sexta-feira (4). O aumento será de 0,2% para a gasolina e 1%  para o diesel. A nova política de preços foi divulgada pela empresa no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar. Com isso, podem acontecer mudanças diárias de preço. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247