Dieese detalha injustiças da Reforma da Previdência

Objetivo principal da mudança no sistema da previdência proposto pelo governo de Michel Temer é endurecer as regras de acesso e diminuir o valor médio de benefícios previdenciários, destaca nota técnica divulgada pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), da CUT Nacional

inss
previdencia social
inss previdencia social (Foto: Gisele Federicce)

247 - O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), da CUT Nacional, divulgou nesta sexta-feira 11 uma nota técnica que explica e detalha cada ponta das injustiças da reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer

O objetivo principal da mudança no sistema previdenciário, conforme a proposta que deve ser votada em breve no Congresso Nacional, será endurecer as regras de acesso e diminuir o valor médio de benefícios previdenciários, destaca a nota do órgão.

Para isso, eles combinaram limite de idade com aumento do tempo mínimo de contribuição, extinguiram a aposentadoria apenas por tempo de contribuição e aumentaram a idade mínima de aposentadoria para as mulheres e, em alguns casos, também para os homens.

Além disso, mudaram o cálculo e reduziram o valor dos benefícios previdenciários em geral. Também está prevista a proibição do acúmulo de aposentadorias e de pensão a dois salários mínimos, e elevação da idade de concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Confira aqui a íntegra da nota.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247