CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Dilma celebra emprego: “demonstração de força”

Presidente comemora criação de 260 mil vagas formais em fevereiro, conforme divulgou ontem o Ministério do Trabalho; "A economia do Brasil deu mais uma demonstração de força", escreveu Dilma Rousseff, no Twitter; ela lembrou que, desde o início de seu governo, foram criados quatro milhões e 800 mil novos empregos com carteira assinada no País; "a geração de #empregos é, e continuará sendo, prioridade deste governo e uma das principais alavancas para o crescimento da nossa economia", afirmou

Imagem Thumbnail
Presidente comemora criação de 260 mil vagas formais em fevereiro, conforme divulgou ontem o Ministério do Trabalho; "A economia do Brasil deu mais uma demonstração de força", escreveu Dilma Rousseff, no Twitter; ela lembrou que, desde o início de seu governo, foram criados quatro milhões e 800 mil novos empregos com carteira assinada no País; "a geração de #empregos é, e continuará sendo, prioridade deste governo e uma das principais alavancas para o crescimento da nossa economia", afirmou (Foto: Gisele Federicce)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – A presidente Dilma Rousseff celebrou, na tarde desta terça-feira 18, a criação de 260 mil novas vagas formais em fevereiro deste ano, conforme anunciou ontem o Ministério do Trabalho e Emprego. Número foi 111% maior do que o registrado no mesmo mês do ano passado e faz do período o melhor fevereiro desde 2011.

"A economia do Brasil deu mais uma demonstração de força com a criação de 260 mil novos #empregos formais em fevereiro", publicou Dilma em sua conta no Twitter. Ela contabilizou em seguida que, desde o início de seu governo, em 2010, "foram criados quatro milhões e 800 mil novos empregos com carteira assinada".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"É mais que o dobro do número de vagas registradas em fevereiro de 13 e o segundo melhor fevereiro desde 2003", comentou ainda a presidente. "A geração de #empregos é, e continuará sendo, prioridade deste governo e uma das principais alavancas para o crescimento da nossa economia", ressaltou.

O resultado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) vai na contra mão de análises pessimistas de economistas e de analistas da imprensa brasileira. "Em 2014, o emprego não vai diminuir", anunciou ontem o ministro do Trabalho, Manoel Dias. Entre outras previsões negativas que foram superadas estão o PIB e a atividade industrial (leia mais).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO