Dilma lança ofensiva para conquistar empresariado

Ministro da Fazenda, Guido Mantega, deu início à maratona de encontros com o setor produtivo; orientação é escutar as queixas e sugestões dos capitães da indústria, descontentes com a falta de comunicação com o Planalto e defensoras do ‘Volta, Lula’; almoço em São Paulo vai reunir time de 17 empresários, como Murilo Ferreira, da Vale, Jorge Gerdau e Raul Calfat, da Votorantim

Ministro da Fazenda, Guido Mantega, deu início à maratona de encontros com o setor produtivo; orientação é escutar as queixas e sugestões dos capitães da indústria, descontentes com a falta de comunicação com o Planalto e defensoras do ‘Volta, Lula’; almoço em São Paulo vai reunir time de 17 empresários, como Murilo Ferreira, da Vale, Jorge Gerdau e Raul Calfat, da Votorantim
Ministro da Fazenda, Guido Mantega, deu início à maratona de encontros com o setor produtivo; orientação é escutar as queixas e sugestões dos capitães da indústria, descontentes com a falta de comunicação com o Planalto e defensoras do ‘Volta, Lula’; almoço em São Paulo vai reunir time de 17 empresários, como Murilo Ferreira, da Vale, Jorge Gerdau e Raul Calfat, da Votorantim (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A poucos meses da campanha oficial pela reeleição, a presidente Dilma Rousseff inicia uma ofensiva para se aproximar do empresariado. Setor de maior resistência em sua gestão, empresários reclamam da falta de diálogo com o Planalto e insistem no ‘Volta, Lula’.

Para quebrar essa barreira, a presidente orientou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a se reunião com as maiores rendas do PIB para escutar queixas e sugestões sobre a economia.

Segundo Vera Magalhães, do Painel, Mantega inicia maratona em São Paulo, em encontro com a diretoria da Anfavea. No dia seguinte, reúne em almoço 17 empresários, como Benjamin Steinbruch (CSN), Murilo Ferreira (Vale), Jorge Gerdau Johanpeter e Raul Calfat (Votorantim).

Também estarão presentes no encontro marcado na sede do Banco do Brasil, os campeões nacionais, que obtiveram incentivos do BNDES na gestão Lula, como Marcos Jank, da Brasil Foods, e Joesley Batista, do grupo JBS; além de representantes de Odebrecht, Andrade Gutierrez, OAS e Camargo Correa.

Ministro ainda pretende se reunir com principais representantes do varejo; e na semana que vem, terá um encontro com os bancos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email