‘Dizer que o PT quebrou o Brasil é equivocado e mal-intencionado’, diz Simone Deos

A professora de Economia da Unicamp denunciou a falácia no argumento de que os governos Lula e Dilma quebraram o país. “As pessoas tendem a interpretar a situação macroeconômica como a sua própria situação familiar ou mesmo empresarial”. Assista

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A professora de Economia da Unicamp Simone Deos denunciou o argumento, que é frequentemente repetido por analistas econômicos, de que os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ex-presidente Dilma Rousseff quebraram o Brasil.

Para ela, existe uma falácia em jogo, que generaliza situações familiares ou empresariais para a situação macroeconômica. “A avaliação de que o PT quebrou o Brasil é completamente equivocada, para dizer o mínimo, e mal-intencionada. Não é possível dizer que não seja mal-intencionada. O que significa quebrar um país, do ponto de vista macroeconômico? As pessoas que não têm formação como economistas naturalmente tendem a interpretar isso tal como a sua própria situação familiar ou mesmo empresarial”, disse em entrevista à TV 247.

“Há um transporte dessa interpretação doméstica e empresarial para a situação do país. A maioria dos economistas não têm espaço para explicar que isso é uma falácia e que esse tipo de comparação é mentirosa”, acrescentou a professora.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email