Dólar abre acima de R$ 5 e nem Paulo Guedes nem Bolsonaro têm um plano contra a crise

Com o Brasil desgovernado, a cotação da moeda americana abriu cotada a R$ 5.02 no mercado futuro. Única ação do governo tem sido a venda de reservas internacionais acumuladas nos governos de Lula e Dilma

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters)


247 - “Em meio às inseguranças provocadas no mercado por conta do avanço do novo coronavírus, causador do Covid-19, e que, agora, é considerado pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o dólar à vista iniciou as negociações desta quinta-feira, 12, cotado a R$ 5,0280, um aumento de 6,45% em relação ao fechamento da quarta-feira, 11 - R$ 4,7226. A expectativa do mercado é que a Bolsa tenha abertura em queda”, aponta reportagem do jornal Estado de S. Paulo.

A crise se agrava no Brasil em razão da falta de governo, uma vez que Jair Bolsonaro minimizou o impacto do coronavírus e Paulo Guedes também se mostra incapaz de enfrentar a tempestade. Até agora, a única medida adotada pela equipe econômica foi vender mais de US$ 42 bilhões das reservas acumuladas por Lula e Dilma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email