Dono da Natura prevê depressão econômica

Para o presidente do conselho da Natura Cosméticos, Pedro Passos, "uma parte da indústria fez uma agenda em interesse próprio em detrimento do país; “E hoje estamos todos pagando essa conta", disse; ele defende reformas da Previdência e tributária, mas elege como prioridade a reforma política: "Quando a gente vê a fila de novos partidos se formando, já vemos o desenho do caos"; mas ressalta: "O Brasil é atrativo se você pensar no longo prazo"

Para o presidente do conselho da Natura Cosméticos, Pedro Passos, "uma parte da indústria fez uma agenda em interesse próprio em detrimento do país; “E hoje estamos todos pagando essa conta", disse; ele defende reformas da Previdência e tributária, mas elege como prioridade a reforma política: "Quando a gente vê a fila de novos partidos se formando, já vemos o desenho do caos"; mas ressalta: "O Brasil é atrativo se você pensar no longo prazo"
Para o presidente do conselho da Natura Cosméticos, Pedro Passos, "uma parte da indústria fez uma agenda em interesse próprio em detrimento do país; “E hoje estamos todos pagando essa conta", disse; ele defende reformas da Previdência e tributária, mas elege como prioridade a reforma política: "Quando a gente vê a fila de novos partidos se formando, já vemos o desenho do caos"; mas ressalta: "O Brasil é atrativo se você pensar no longo prazo" (Foto: Roberta Namour)

247 – Para o presidente do conselho da Natura Cosméticos, Pedro Passos, o país estaria a caminho de uma depressão econômica. "Uma parte da indústria fez uma agenda em interesse próprio em detrimento do país. E hoje estamos todos pagando essa conta", disse ele, em entrevista ao Valor, sobre as gestões do PT na presidência.

Ele defende reformas da Previdência e tributária, mas elege como prioridade a reforma política. "Quando a gente vê a fila de novos partidos se formando, já vemos o desenho do caos". Mas ressalta: "O Brasil é atrativo se você pensar no longo prazo".

Passos afirma ainda que a renúncia da presidente Dilma Rousseff seria o melhor caminho para o País e “um gesto de realismo” (leia aqui).

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247