E-commerce brasileiro alcançou faturamento de R$ 42 bilhões, diz pesquisa

O faturamento do setor de comércio eletrônico cresceu 56% nos primeiros oito meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2019. O faturamento total foi de R$ 41,9 bilhões em agosto. Dados foram divulgados pelo Movimento Compre & Confie e pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm)

Faturamento do E-Commerce aumenta neta pandemia
Faturamento do E-Commerce aumenta neta pandemia (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Movimento Compre & Confie e a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) divulgaram números apontando que o faturamento do setor cresceu 56,8% durante os primeiros oito meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2019. O faturamento total foi de R$ 41,92 bilhões em agosto. O diretor executivo do Movimento Compre & Confie destacou o aumento da familiaridade entre compradores e plataformas de compras online nesta pandemia do coronavírus. 

Segundo o site Metrópoles, dentre as categorias que mais cresceram em vendas no e-commerce, o setor de Beleza e Perfumaria teve um faturamento de R$ 2,11 bilhões no período analisado, aumento 107,4%.

O setor de móveis cresceu 94,4% (faturamento total de R$ 2,51 bilhões). O de eletroportáteis teve um faturamento de R$ 1,02 bilhão, alta 85,7% maior do que o mesmo período do ano passado.

Outros destaques foram para as categorias de Eletrônicos (+68,4%); Esporte e Lazer (+66,8%); e Telefonia (+52,2%).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247