"É isso que os investidores querem", diz economista sobre Lula e Alckmin

Aceno a Alckmin teve reflexo positivo no mercado financeiro. “Lula estava em ambiente hostil para dar declarações que surpreenderam o mercado”, disse economista

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Ricardo Stuckert)


Revista Fórum - A entrevista de Lula (PT) aos sites independentes, em que disse que “da minha parte não tem nenhum problema em ter [Geraldo] Alckmin como vice” soou como um afago aos ouvidos dos agentes do sistema financeiro, que viram uma sinalização de que o petista fará o que sempre fez: vai incluir todos nos debates sobre os rumos do país caso seja eleito novamente em outubro.

“O candidato que saiu na frente (das pesquisas) está rumando para o centro. É isso que os investidores querem”, resumiu o economista Roberto Motta, da Genial Investimentos, em live para investidores, quando foi atacado por bolsonaristas.

Ao explicar sua posição, Motta disse que “Lula estava em ambiente hostil para dar declarações que surpreenderam o mercado” e que teria usado a entrevista com a Fórum e sites independentes par mandar recado as “alas mais radicais do partido”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra na Fórum.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email