"É questão de tempo a queda de Silva e Luna", diz colunista do Estado de S. Paulo

"Bolsonaro frita Silva e Luna num caldo quente feito à base de gasolina" e o general presidente da Petrobrás pode ser demitido

www.brasil247.com - Joaquim Silva e Luna e Jair Bolsonaro
Joaquim Silva e Luna e Jair Bolsonaro (Foto: Agência Brasil)


247 - A demissão do presidente da Petrobrás, general Joaquim Silva e Luna, "é questão de tempo", diz a colunista do Estado de S. Paulo Adriana Fernandes.

Jair Bolsonaro (PL) "frita Silva e Luna num caldo quente feito à base de gasolina" após os seguidos reajustes feitos pela empresa no preço dos combustíveis. Atualmente, alguns postos do Brasil já vendem o litro da gasolina a R$ 10. 

De acordo com a colunista, "Jair Bolsonaro foi aconselhado pelos seus principais ministros a manter o general, mas segue o mesmo roteiro que levou à demissão de Roberto Castelo Branco em fevereiro de 2021, após o quarto aumento no preço dos combustíveis, o que na época irritou imensamente o presidente".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda segundo o texto, Bolsonaro tem apoio de parlamentares para trocar o comando da Petrobrás e até mesmo para rever a política de preços da empresa, que atrela o preço dos combustíveis no Brasil ao mercado internacional e ao dólar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Silva e Luna deve cair em breve porque é muito improvável que a Petrobras recue do aumento e reduza os preços em tão pouco tempo. A Petrobras ficou muitos dias sem fazer os reajustes, e não é na primeira queda do preço do petróleo lá fora que a empresa poderá reverter o movimento. Terreno perfeito para o enredo do roteiro da fritura continuar se desenvolvendo", relata a colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email