CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Em 2010, Brasil criou 2,8 milhões empregos

Ministro do Trabalho acredita que neste ano, a gerao de vagas chegue a 3 milhes

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

AE - O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, manteve hoje sua projeção de que o mercado de trabalho brasileiro vai gerar 3 milhões de empregos com carteira assinada este ano. “Vamos aguardar o final do ano”, disse Lupi. “Mantenho a projeção de criação de 3 milhões de empregos formais em 2011”, reforçou. Segundo ele, o melhor é aguardar os dados para não entrar em “divergência” com outros titulares de ministérios do governo.

Há cerca de 15 dias, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, avaliou que a criação de empregos em 2011 não seria tão exuberante quanto no ano passado. Em 2010, quando a economia estava a pleno vapor, foram gerados 2,861 milhões de postos de trabalho, conforme dados atualizados hoje pelo ministério. Os números levam em conta a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e o funcionalismo público.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Lupi também afirmou hoje que o número do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de abril “será muito bom”. “Será muito próximo a recorde”, disse. Ele acrescentou que não anteciparia o indicador porque os dados consolidados ficarão prontos apenas na próxima semana. Segundo a assessoria de imprensa do ministério, a maior geração de emprego com carteira assinada para o mês de abril foi verificada no ano passado, de 305 mil.

fonte: Agência Estado

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO