Empresário quebra silêncio e pede renúncia de Temer

O bilionário Guilherme Paulus, dono da CVC, maior operadora de turismo da América Latina, quebrou o silêncio da classe empresarial e pediu explicitamente a saída de Michel Temer; segundo ele, o Brasil se transformou numa "empresa à deriva" e Temer precisa sair; "Quando a pressão é grande e você não tem... tem que renunciar. É aquela história: o povo não quer, tem um monte de denúncias... vamos esclarecer tudo isso aí, está prejudicando o país", diz ele; "O problema do país hoje é político, é a credibilidade dos nossos políticos. E o envolvimento de empresários que encontraram outros meios de tentar burlar... e serem oportunistas de mercado. Mas está provado que o oportunista chega e vai embora"

O bilionário Guilherme Paulus, dono da CVC, maior operadora de turismo da América Latina, quebrou o silêncio da classe empresarial e pediu explicitamente a saída de Michel Temer; segundo ele, o Brasil se transformou numa "empresa à deriva" e Temer precisa sair; "Quando a pressão é grande e você não tem... tem que renunciar. É aquela história: o povo não quer, tem um monte de denúncias... vamos esclarecer tudo isso aí, está prejudicando o país", diz ele; "O problema do país hoje é político, é a credibilidade dos nossos políticos. E o envolvimento de empresários que encontraram outros meios de tentar burlar... e serem oportunistas de mercado. Mas está provado que o oportunista chega e vai embora"
O bilionário Guilherme Paulus, dono da CVC, maior operadora de turismo da América Latina, quebrou o silêncio da classe empresarial e pediu explicitamente a saída de Michel Temer; segundo ele, o Brasil se transformou numa "empresa à deriva" e Temer precisa sair; "Quando a pressão é grande e você não tem... tem que renunciar. É aquela história: o povo não quer, tem um monte de denúncias... vamos esclarecer tudo isso aí, está prejudicando o país", diz ele; "O problema do país hoje é político, é a credibilidade dos nossos políticos. E o envolvimento de empresários que encontraram outros meios de tentar burlar... e serem oportunistas de mercado. Mas está provado que o oportunista chega e vai embora" (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Alguns dos maiores empresários brasileiros já começam a quebrar o silêncio e a pedir abertamente a saída de Michel Temer.

Foi o que fez neste domingo o bilionário Guilherme Paulus, dono da CVC, maior operadora de turismo da América Latina, em entrevista a Danielle Nogueira.

Segundo ele, o Brasil se transformou numa "empresa à deriva" e Temer precisa sair.

"Quando a pressão é grande e você não tem... tem que renunciar. É aquela história: o povo não quer, tem um monte de denúncias... vamos esclarecer tudo isso aí, está prejudicando o país", diz ele.

"O problema do país hoje é político, é a credibilidade dos nossos políticos. E o envolvimento de empresários que encontraram outros meios de tentar burlar... e serem oportunistas de mercado. Mas está provado que o oportunista chega e vai embora."

Paulus disse ainda que o Brasil virou uma espécie de casa da mãe Joana. "Não temos um comando. Temos bombeiros apagando incêndio. O Brasil hoje é como uma grande empresa que está à deriva, porque não tem comando forte. Na casa da mãe Joana todo mundo manda um pouco. O Congresso manda um pouco, os juízes mandam outro pouco... Surgiu uma nova economia no país que são as decisões jurídicas feitas pelo Supremo."

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247