Errata: decreto do governo não desvia R$ 600 bi da Previdência

O 247 havia reproduzido um decreto do governo Bolsonaro, com data de 8 de fevereiro de 2019, informando que ele desviava mais de R$ 600 bilhões da Previdência para cobrir encargos financeiros e autorizar transferências para estados e municípios; o decreto existe, mas ele trata da readequação do orçamento de 2018 à nova estrutura do governo

Errata: decreto do governo não desvia R$ 600 bi da Previdência
Errata: decreto do governo não desvia R$ 600 bi da Previdência (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Um decreto do governo de Jair Bolsonaro, com data de 8 de fevereiro de 2019, foi divulgado pelo 247 nesta quarta-feira 12 com a informação de que ele desviava mais de R$ 600 bilhões da Previdência com o objetivo de cobrir encargos financeiros e autorizar transferências para estados e municípios. O decreto existe e é assinado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes mas ele trata da readequação do orçamento de 2018 à nova estrutura do governo.

O decreto trata de R$ 600,056 bilhões, inclusive da Previdência. No entanto, não retira verba do INSS. O documento trata da transferência de ministérios que deixaram de existir para pastas que passaram a assumiram as responsabilidades. 

Veja aqui o decreto no site do Palácio do Planalto.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247