Escassez de insumos para a indústria alcança o maior nível em 19 anos

Pesquisa da FGV aponta que a falta de matéria-prima alcança 14 dos 19 segmentos da indústria. Escassez de insumos registra o maior nível desde 2001

(Foto: Vinicius Magalhaes/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A falta de matéria-prima para atender o parque industrial do Brasil chegou ao maior nível desde 2001, aponta uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo o estudo, a escassez alcança 14 dos 19 segmentos da indústria. 

De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a falta de matéria-prima e insumos no setor de vestuário foi citada por 74,7% das empresas que atua neste segmento. Ainda conforme a pesquisa da FGV, as indústrias que conseguem produzir enfrentam dificuldades junto à distribuição em função da falta de embalagens de vidro, plásticos e papelão. 

A dificuldade para obter os materiais necessários também alcança as indústrias de produtos plásticos (52,8%), limpeza e perfumaria (39,1%), farmacêutica (34,2%), informática e eletrônicos (33,1%), além de empresas dos ramos de produtos de metal (31%), couro e calçados (31,1%) e químico (27,9%), entre outras.

As indústrias também temem que a escassez associada a alta do dólar resulte em um aumento dos preços das matérias-primas necessárias à produção, que impactará o consumidor final. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247