Estatal em guerra contra estatal

Petrobras, de Graça Foster, anuncia cobrança de R$ 2,4 bilhões, contra a Eletrobrás, sob as asas de Édison Lobão; motivo é o calote das usinas térmicas de Manaus

Estatal em guerra contra estatal
Estatal em guerra contra estatal (Foto: CecÌlia Acioli/FolhaPress_Divulgação)

247 – O ministro Edison Lobão, de Minas e Energia e, portanto, responsável por duas das maiores empresas do País, Petrobras e Eletrobrás, tem uma briga caseira para administrar. A Petrobras quer cobrar, na Justiça, R$ 2,4 bilhões da Eletrobras.

O motivo é um calote que a estatal vem levando há vários anos. A BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, fornece diesel para as usinas térmicas de Manaus, capital do Amazonas, mas vem levando calote.

A dívida já soma US$ 1,1 bilhão e corresponde a praticamente duas vezes o lucro da BR Distribuidora no ano passado, que foi de R$ 1,2 bilhão.

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247