Estrangeiros aplicam mais do que sacam na bolsa

Investidores que moram fora do Pas colocaram R$ 1,4 bilho lquidos no mercado brasileiro de capitais em julho

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Os investidores estrangeiros ingressaram com R$ 1,4 bilhão líquidos na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) em julho. O montante corresponde a compras de R$ 39,785 bilhões e vendas de R$ 38,385 bilhões entre os dias 1º e 29 do mês passado. No último pregão de julho, sexta-feira passada, esses investidores aportaram R$ 13,210 milhões no mercado de capitais brasileiro.

Nesse dia, o Índice Bovespa (Ibovespa) subiu 0,20%, aos 58.823 pontos, com giro financeiro de R$ 6,276 bilhões. O índice fechou julho com perda de 5,74%, a maior queda desde o recuo de 6,6% de maio de 2010.

Julho é o terceiro mês do ano com saldo positivo, que ocorreu também em janeiro (R$ 401,408 milhões) e maio (R$ 2,903 bilhões). As retiradas superaram o ingresso de capital externo na Bolsa em fevereiro (saques de R$ 1,184 bilhão), março (R$ 1,771 bilhão), abril (R$ 1,116 bilhão) e junho (R$ 344,236 milhões).

Os estrangeiros foram responsáveis por 16,66% das compras realizadas em julho na Bovespa, ficando em segundo lugar entre os investidores. Os institucionais lideraram as compras, com 17,14%, e as pessoas físicas ficaram com 11,67%. Nas vendas, os investidores institucionais tiveram participação de 17,67% do total, os estrangeiros, 16,07%, e as pessoas físicas, 11,95%. No ano, a injeção supera a retirada de capital externo na Bolsa em R$ 288,849 milhões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email