Executivo do banco central dos Estados Unidos já prevê desemprego de 30% e queda de até 50% do PIB em razão do coronavírus

Seria uma catástrofe sem precedentes na história do capitalismo

247 – O presidente do Federal Reserve Bank de St. Louis, James Bullard, previu que a taxa de desemprego nos EUA pode atingir 30% no segundo trimestre por causa de paralisações para combater o coronavírus, com uma queda sem precedentes de 50% no produto interno bruto, aponta reportagem da Bloomberg.

Bullard pediu uma poderosa resposta fiscal para substituir os US $ 2,5 trilhões em receita perdida naquele trimestre para garantir uma forte recuperação eventual dos EUA, acrescentando que o Fed estaria pronto para fazer mais para garantir que os mercados funcionem durante um período de alta volatilidade.

"Está tudo em cima da mesa" para o Fed no que diz respeito a programas adicionais de empréstimos, disse Bullard em uma entrevista por telefone no domingo de St. Louis. “Há mais que podemos fazer se necessário” com a autoridade de emergência existente. "Provavelmente há muito mais nos próximos meses, dependendo de onde o Congresso quiser ir."

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247