Fiel a Bolsonaro, empresário Paulo Marinho agora defende Doria em 2022

Nas conversas com o universo político, Paulo Marinho separa de maneira curta a relação que tem com Jair Bolsonaro da que constrói com João Doria na famosa mansão-estúdio: “Bolsonaro foi só um atalho para tirar o PT. O projeto original é Doria 2022”.

Paulo Marinho 
Paulo Marinho 

247 - Nas conversas com o universo político, Paulo Marinho separa de maneira curta a relação que tem com Jair Bolsonaro da que constrói com João Doria na famosa mansão-estúdio: “Bolsonaro foi só um atalho para tirar o PT. O projeto original é Doria 2022”. A informação é da Veja. 

Durante a campanha, ele envolveu diretamente na campanha de Bolsonaro e montou em sua residência um estúdio para a gravação das peças publicitárias. 

Depois da vitória, a casa abrigou ainda a primeira reunião da equipe de transição e André Marinho, filho do executivo, atuou como tradudor no telefonema entre Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247