FMI reduz estimativa de crescimento global

Motivos, segundo o Fundo Monetário Internacional, são a desaceleração dos mercados emergentes e a prolongada recessão na Europa; previsão para o crescimento global em 2013 foi cortada a 3,1%, e para 2014 a 3,8%

FMI reduz estimativa de crescimento global
FMI reduz estimativa de crescimento global (Foto: Cliff Owen)

Por Anna Yukhananov

WASHINGTON, 9 Jul (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu nesta terça-feira suas estimativas para o crescimento global pela quinta vez desde o início do ano passado, devido à desaceleração dos mercados emergentes e à prolongada recessão na Europa.

Em seu exame do meio do ano do estado da economia mundial, FMI também advertiu que o crescimento global pode desacelerar ainda mais se a retirada do enorme estímulo monetário nos Estados Unidos levar a uma reversão dos fluxos de capital e reduzir o crescimento nos países em desenvolvimento.

O FMI cortou sua previsão para o crescimento global em 2013 a 3,1 por cento, mesmo ritmo de expansão do ano passado, mas abaixo da previsão de 3,3 por cento divulgada em abril. O Fundo também reduziu sua previsão para 2014 a 3,8 por cento, ante previsão anterior de 4 por cento.

Os mercados emergentes, que tinham sido anteriormente o motor da recuperação global, contribuíram para a piora da perspectiva, intitulada "Dores do Crescimento". O FMI reduziu sua previsão de crescimento em 2013 dos países em desenvolvimento para 5 por cento, incluindo uma previsão menor para os Brics -- China, Brasil, Rússia, Índia e África do Sul.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247