França se nega a assinar acordo com Mercosul. Motivo: a destruição da Amazônia

"Não podemos assinar o acordo de comércio com um país que não respeita a floresta amazônica, que não respeita o Acordo de Paris. A França não vai assinar o acordo Mercosul nestas condições", explicou a ministra Elizabeth Borne, do governo de Emmanuel Macron, que entrou em choque com Jair Bolsonaro

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputinik – A ministra do Ambiente da França, Élisabeth Borne, disse que a França não vai assinar o acordo entre a União Europeia e os países do Mercosul nas "condições atuais".

Em uma entrevista ao canal de televisão francês BFM TV, a ministra do Ambiente da França, Élisabeth Borne, afirmou que a França não vai assinar o acordo comercial entre a União Europeia e o bloco do Mercosul.

"Não podemos assinar o acordo de comércio com um país que não respeita a floresta amazônica, que não respeita o Acordo de Paris. A França não vai assinar o acordo Mercosul nestas condições", explicou a ministra.

Antes, o presidente da França, Emmanuel Macron, disse ser contra o acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, citando o que ele alegou ser a incapacidade do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, de combater os incêndios florestais e as mudanças climáticas.

Em setembro, o Parlamento da Áustria votou contra o acordo de comércio livre entre o Mercosul e a União Europeia, pondo o projeto em risco.

O acordo comercial entre a União Europeia e o bloco do Mercosul, que atualmente inclui a Argentina, o Brasil, o Paraguai e o Uruguai, tem estado em negociação há quase 20 anos.

No fim de junho, os dois blocos econômicos concordaram com os termos do acordo, com o objetivo de intensificar a cooperação econômica e impulsionar o crescimento sustentável.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email