GameStop: em queda, empresa de videogames vê alta de 1.800% das ações na Bolsa da NY

A tradicional rede de lojas de videogames GameStop foi destaque no mercado de ações dos Estados Unidos neste início de 2021, com seu valor de mercado passando de US$ 1,3 bilhão no final de 2020 para US$ 22,5 bilhões na quarta-feira, 27

GameStop
GameStop (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A tradicional rede de lojas de videogames GameStop foi destaque no mercado de ações dos Estados Unidos neste início de 2021, com seu valor de mercado passando de US$ 1,3 bilhão no final de 2020 para US$ 22,5 bilhões na quarta-feira, 27.

Os investidores fizeram a ação da companhia disparar em alta de mais de 1.800%, passando de US$ 19,26 no final de dezembro para impressionantes US$ 380 na máxima registrada na quarta na Bolsa de Nova York.

Nesta quarta-feira (27), as ações da empresa fecharam com alta de 134%, a US$ 347,51.

A GameStop foi fundada em 1996 e vinha caindo nos últimos anos, por conta da digitalização dos videogames. Em setembro de 2020, a GameStop anunciou que planejava fechar entre 400 e 450 lojas ao redor do mundo. Atualmente, mantém mais de 5 mil lojas em 10 países.

A alta das ações do grupo se deu, não pelos bons resultados das empresas, mas por um movimento de investidores orquestrado num grupo de discussão dentro do Reddit, plataforma na internet que conta com mais de 52 milhões de usuários.

Os investidores do fórum wallstreetbets decidiram desafiar os analistas e os investidores de Wall Street sobre a queda do GameStop com a compra em massa das ações da empresa.

O próprio dono da Tesla e homem mais rico do mundo, Elon Musk, publicou em seu Twitter um link para o fórum wallstreetbets no Reddit, o que elevou ainda mais as ações da GameStop.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email