Governo Bolsonaro acelera privatização da BR Distribuidora

Com a venda de R$ 8,6 bi em ações da BR Distribuidora acelera-se a privatização da subsidiária, no quadro de um plano de desinvestimentos da estatal

Frente contra venda da Petrobras será lançada no Congresso Nacional
Frente contra venda da Petrobras será lançada no Congresso Nacional (Foto: Fotos: Reuters)

247 - Com a venda de R$ 8,6 bi em ações da BR Distribuidora acelera-se a privatização da subsidiária, no quadro de um plano de desinvestimentos da estatal. 

A nova venda de ações da BR Distribuidora, na terça-feira (23), fez com que a subsdiária de postos de combustíveis da Petrobras possua agora mais capital privado do que estatal.   

Reportagem da Folha de S.Paulo aponta que a  venda é mais um capítulo dos desinvestimentos da Petrobras. 

A dupla entreguista Jair Bolsonaro e Paulo Guedes demonstra na prática que está mesmo disposta a intensificar a venda de ativos, esvaziando a estatal petroleira.  

A Petrobras detinha 71,25% do capital da BRe já se desfez de 30% das ações. Com isso, aponta o jornal, a BR deixa de ter controle estatal.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247