Governo Bolsonaro inicia pagamento de R$ 13 bilhões em benefícios sociais turbinados para evitar derrota eleitoral

Pagamento dos benefícios turbinados acontece a menos de dois meses das eleições

www.brasil247.com - Bolsonaro e Auxílio Brasil
Bolsonaro e Auxílio Brasil (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino | Leonardo Sá/Agência Senado)


247 - O governo Jair Bolsonaro (PL) inicia nesta terça-feira (9) o pagamento de R$ 13 bilhões em benefícios sociais, aprovados às pressas pelo Congresso Nacional para tentar reverter o risco de uma derrota eleitoral do atual governo no pleito de outubro. O pagamento dos benefícios turbinados acontece a menos de dois meses das eleições, que, segundo as pesquisas de intenção de voto, tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança da disputa presidencial. 

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o desembolso do governo envolve recursos da ordem de R$ 12,1 bilhões destinados ao Auxílio Brasil de R$ 600, além de R$ 624 milhões ao Auxílio Gás de R$ 110 e outros R$ 381,8 milhões destinados ao pagamento das duas primeiras parcelas do Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (BEm Caminhoneiro). Ao todo, o pacote de benefícios turbinados, que acaba em dezembro, é estimado em R$ 41,25 bilhões.

A reportagem destaca, ainda, que a partir da próxima semana o governo deverá liberar “o pagamento do benefício emergencial, que pode chegar a parcelas de até R$ 1.000, aos taxistas elegíveis. O limite da fatura estabelecido pela emenda constitucional é de R$ 2 bilhões”. 

"Talvez seja um desenho vantajoso do ponto de vista eleitoral, mas certamente está muito longe do que pode ser feito com os mesmos recursos em termos de combate à pobreza”, avalia o diretor do FGV Social, Marcelo Neri. Ainda segundo ele, “em todas as eleições federais desde 1982, sem exceção, a pobreza caiu em ano pré-eleitoral, e na grande maioria delas, houve aumento de pobreza depois das eleições. Isso está especialmente forte agora", ressalta.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email