Governo Bolsonaro reduz à metade oferta do Fies a partir de 2021

Em um novo ataque à Educação, o governo de Jair Bolsonaro reduziu a oferta de contratos do Financiamento Estudantil (Fies). O volume passará de 100 mil em 2020 para 54 mil contratos em 2021. No auge do programa, em 2014, o Fies ofereceu 732 mil contratos

www.brasil247.com -
(Foto: Marcos Corrêa/PR)


247 - Em um novo ataque à Educação, o governo de Jair Bolsonaro reduziu a oferta de contratos do Financiamento Estudantil (Fies). O volume passará de 100 mil em 2020 para 54 mil contratos em 2021.

As regras atuais continuam a valer para o primeiro semestre de 2020. As inscrições vão de 5 de fevereiro ao dia 12 do mesmo mês e serão oferecidos 70 mil contratos neste período. A previsão é de outras 30 mil vagas no segundo semestre.

Além disso O desempenho mínimo exigido do candidato no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será maior a partir de 2021. Além de obter média de 450 pontos na prova objetiva do Enem, como ocorre desde 2015, o participante também deverá alcançar nota mínima de 400 pontos na redação —a regra atual exige apenas nota acima de zero.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No auge do programa, em 2014, o Fies ofereceu 732 mil contratos. Cerca de 18% dos brasileiros que têm de 18 a 24 anos estão no ensino superior. A meta do PNE (Plano Nacional de Educação) é chegar a 33% até 2024.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email