CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Governo pode renegociar débitos para arrecadar R$ 10 bi

Equipe econômica do governo Dilma Rousseff deve apresentar ainda esta semana medida provisória (MP) que facilita o pagamento de dívidas tributárias, que podem resultar em um reforço de caixa de até R$ 10 bilhões ainda este ano; regras atuais limitam o abatimento de créditos tributários a 30% do imposto devido; a nova proposta é fazer com que 40% da dívida seja paga em dinheiro e os 60% restantes com crédito tributário

Imagem Thumbnail
O ministro da fazenda, Joaquim Levy e a presidenta Dilma Rousseff participam da cerimônia de assinatura do contrato de concessão da Rodovia BR-101/RJ - Ponte Rio-Niterói (Antonio Cruz/ Agência Brasil) (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Na tentativa de elevar a arrecadação do governo para melhorar o resultado fiscal, o governo pode apresentar uma medida provisória (MP) que facilita o pagamento de dívidas tributárias, que podem resultar em um reforço de caixa de até R$ 10 bilhões ainda este ano.

As regras atuais limitam o abatimento de créditos tributários a 30% do imposto devido. A nova proposta é fazer com que 40% da dívida seja paga em dinheiro e os 60% restantes com crédito tributário.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

As dívidas só poderão ser parceladas em cinco vezes, pois o objetivo é elevar a arrecadação em 2015. 

O tema já teria sido discutido com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e a MP pode ser assinada nesta semana.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Leia aqui reportagem de Leandra Peres sobre o assunto.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO