Guedes chora. E não foi por causa do pibinho

Depois de um primeiro ano medíocre, em que a economia andou de lado, Paulo Guedes fala que só tem 15 semanas para mudar o Brasil, chora e diz que não esperava encontrar tantos inimigos

Ministro de Estado da Economia, Paulo Guedes
Ministro de Estado da Economia, Paulo Guedes (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, chorou nesta terça-feira 15 em um encontro com movimentos de rua, lamentou que tenha apenas 15 semanas para mudar o Brasil e disse que não esperava encontrar tantos adversários no governo.

A informação foi publicada pela jornalista Vera Magalhães no site BRPolítico. No evento, Guedes chegou a sugerir que as manifestações do dia 15 de março, caso o impasse pelo controle do Orçamento já esteja decidido, sejam transformadas em atos em prol das reformas.

O ministro disse ainda que é preciso “lutar muito” para fazer avançar seus projetos e se queixou da existência de “muitos adversários” e que não esperava enfrentar “tanta dificuldade”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247