Guedes trata como "big bang" plano econômico que irá lançar na terça-feira

Projeto vai reunir Pró-Brasil e carteira verde-amarela, para reduzir encargos sobre a folha de pagamento

(Brasília - DF, 19/08/2020) Solenidade de Sanção de Medidas Provisórias de Facilitação de acesso ao Crédito.
(Brasília - DF, 19/08/2020) Solenidade de Sanção de Medidas Provisórias de Facilitação de acesso ao Crédito. (Foto: Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende lançar na terça-feira um plano econômico de recuperação de empregos que vem sendo chamado no governo de "big bang", em alusão ao fenômeno que deu origem ao universo – e também numa demonstração da vaidade do próprio Guedes.

O ministro conseguiu se apropriar do que seria o Pró-Brasil, uma plano que previa retomada de investimentos em infra-estrutura, e irá lançá-lo em parceria com a "carteira verde-amarela". Assim, Guedes pretende oferecer como caminho para a retomada dos empregos a desoneração sobre a folha de pagamentos. Saiba mais em reportagem da Reuters:

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira que novidades serão apresentadas pela sua equipe na terça-feira, “como o Verde Amarelo, Renda Brasil e mais coisas que estamos elaborando”.

Na terça-feira o Palácio Planalto deverá realizar uma cerimônia para anúncio do Pró-Brasil, plano para a retomada econômica no pós-pandemia.

Questionado a respeito, o secretário especial da Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que os ministérios da Economia e da Cidadania estão trabalhando “com muita convergência de ideias” para o lançamento nos próximos dias do Renda Brasil, que unificará os programas sociais do governo, e do Contrato Verde Amarelo, mas disse que não podia dar mais detalhes a respeito.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247