Hyundai é campeã de fidelidade nos EUA

Marca coreana avana em qualidade na avaliao de seus prprios clientes

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A coreana Hyundai desbancou grandes marcas do mercado americano de automóveis, como Honda e Toyota, e tornou-se líder em fidelidade do consumidor no segundo trimestre deste ano. A análise de compras foi realizada pela consultoria Kelley Blue Book (KBB). É a primeira vez que a Hyundai conquista o posto desde que a KBB começou a acompanhar os números.

A marca da Coréia ultrapassou as concorrentes pela primeira vez em fevereiro. A Hyundai, assim, conseguiu manter-se à frente nos meses seguintes, mantendo o impulso numa época em que a lealdade do consumidor a uma marca, de modo geral, anda em baixa.

A Kia, parceira do grupo Hyundai, também registrou aumento na taxa de fidelidade dos clientes em comparação ao trimestre passado. Outro destaque da pesquisa foi a marca Mini Cooper. Segundo a pesquisa, a Hyundai atrai seus clientes com propagandas agressivas e novos produtos de qualidade. "A qualidade do produto da Hyundai beneficia a empresa, não só por atrair novos clientes, como também ajudando a manter os antigos'', disse Arthur Henrique, gerente de inteligência de mercado em entrevista à KBB.

A fidelidade às marcas de luxo também voltou a subir depois de alguns anos em declínio. O resultado mostra que consumidores que trocaram de marca durante a baixa do mercado, retornaram aos carros de luxo. Mercedes-Benz, Audi e BMW tiveram um aumento de taxa de fidelidade, segundo a pesquisa, mas, ainda assim, permaneceram abaixo das marcas obtidas no passado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email