Importações batem recorde histórico

As comprasdo exterior atingiram mdia diria de US$ 1,25 bilho, maior volume desde 1995, incio da srie histrica do governo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com AE - O dólar barato dá o primeiro sinal de que pode, sim, provocar estragos nas contas externas do País. A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 364 milhões na quarta semana de abril, de acordo com dados divulgados hoje pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Entre os dias 18 e 24 deste mês (com apenas três dias úteis), as exportações somaram US$ 3,414 bilhões, com média diária de US$ 1,138 bilhão, enquanto as importações chegaram a US$ 3,778 bilhões, com média de US$ 1,259 bilhão - novo recorde da série histórica do Ministério do Desenvolvimento que tem início em 1995. Até o momento, a maior média diária de importações havia sido registrada na primeira semana deste mês (US$ 1,06 bilhão de média por dia útil).

Ainda assim, no acumulado do mês até a quarta semana, a balança comercial brasileira registra superávit de US$ 696 milhões. Nos 14 primeiros dias úteis de abril, as exportações totalizaram US$ 14,285 bilhões e as importações, US$ 13,589 bilhões. Em relação à média diária de embarques de abril do ano passado, houve crescimento de 34,6%, enquanto ante março deste ano houve aumento de 11,1%. Nas importações, o valor foi 39,9% superior à média registrada no quarto mês de 2010 e 14,9% maior que o apurado no mês passado.

Acumulado do ano

A balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 3,865 bilhões em 2011 até a quarta semana de abril, de acordo com os dados do MDIC. No mesmo período do ano passado, a balança havia registrado saldo positivo de US$ 1,658 bilhão. A corrente de comércio (soma das exportações e das importações) chegou a US$ 127,169 bilhões, superando em 28,6% o total de US$ 98,852 bilhões apurado em igual período de 2010.

Até a quarta semana de abril, as exportações totalizam US$ 65 517 bilhões, com média diária de US$ 862,1 milhões, equivalentes a um crescimento de 30,4% ante a média de US$ 661,3 milhões registrada no mesmo período de 2010. Neste ano, as importações já chegam a US$ 61,652 bilhões, com média diária de US$ 811,2 milhões, valor 26,9% superior à média de US$ 639,4 milhões registrada em igual período do ano passado.

fonte: Agência Estado

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email