CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Inflação desacelera, diz FGV

O IPC-S, medido pela Fundao, registrou alta de apenas 0,02%. Custos do item transportes caem fortemente

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou fortemente, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A alta de preços, segundo esse índice, foi de apenas 0,02% até a quadrissemana fechada em 15 de junho. A taxa apurada anteriormente atingiu 0,36%. Segundo a FGV, a taxa desta quadrissemana é a menor desde a quarta quadrissemana de agosto de 2010. Naquele mês, o IPC-S mostrou queda de 0,08%. Cinco das sete classes de despesa usadas para cálculo do IPC-S tiveram desaceleração ou queda de preços entre a primeira e a segunda prévia de junho. Entre os destaques de desaceleração e queda de preços estão as taxas observadas nos grupos Alimentação (de 0,25% para -0,50%), Transportes (de -0,48% para -1,09%) e Habitação (de 0,75% para 0,54%).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO