J&F tem até hoje para aceitar R$11 bi de multa em acordo de leniência

O grupo J&F, controlador da JBS, tem até esta sexta-feira para aceitar a proposta de pagamento de multa de 11,2 bilhões de reais de multa em um acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF), caso contrário os procuradores considerarão que a proposta de acordo não é mais válida, disse o MPF em nota; o acordo de leniência não foi fechado por divergências sobre o valor da multa a ser paga pelo conglomerado; os procuradores defendem multa de R$ 11,2 bilhões; a holding que controla a JBS propôs pagar R$ 1 bilhão

O grupo J&F, controlador da JBS, tem até esta sexta-feira para aceitar a proposta de pagamento de multa de 11,2 bilhões de reais de multa em um acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF), caso contrário os procuradores considerarão que a proposta de acordo não é mais válida, disse o MPF em nota; o acordo de leniência não foi fechado por divergências sobre o valor da multa a ser paga pelo conglomerado; os procuradores defendem multa de R$ 11,2 bilhões; a holding que controla a JBS propôs pagar R$ 1 bilhão
O grupo J&F, controlador da JBS, tem até esta sexta-feira para aceitar a proposta de pagamento de multa de 11,2 bilhões de reais de multa em um acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF), caso contrário os procuradores considerarão que a proposta de acordo não é mais válida, disse o MPF em nota; o acordo de leniência não foi fechado por divergências sobre o valor da multa a ser paga pelo conglomerado; os procuradores defendem multa de R$ 11,2 bilhões; a holding que controla a JBS propôs pagar R$ 1 bilhão (Foto: Romulo Faro)

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo J&F, controlador da JBS, tem até esta sexta-feira para aceitar a proposta de pagamento de multa de 11,2 bilhões de reais de multa em um acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF), caso contrário os procuradores considerarão que a proposta de acordo não é mais válida, disse o MPF em nota.

Segundo o Ministério Público Federal, o acordo de leniência com o grupo empresarial não foi fechado devido a divergências sobre o valor da multa a ser paga pelo conglomerado. Enquanto os procuradores defendem a multa de 11,2 bilhões de reais em 10 anos, a holding que controla a JBS propôs pagar 1 bilhão de reais, de acordo com o comunicado.

(Por Eduardo Simões)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247