Joesley detalha seus pagamentos para Palocci, Mantega e PMDB

Em seu mais recente depoimento à Polícia Federal, o empresário Joesley Batista detalhou seus pagamentos aos ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega; segundo ele, o primeiro recebeu R$ 2 milhões em consultorias, em pagamentos mensais entre R$ 30 mil e R$ 50 mil; sobre Mantega, ele relatou um aporte de US$ 5 milhões na empresa de um de seus filhos e pagamentos mensais ao empresário Victor Sandri, amigo do ex-ministro; Joesley disse ainda ter pago R$ 100 milhões ao PMDB, por meio de um contrato com o empresário Lúcio Funaro

joesley
joesley (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Em seu mais recente depoimento à Polícia Federal, o empresário Joesley Batista, que classificou Michel Temer como chefe da "maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil, também detalhou seus pagamentos aos ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega.

Segundo ele, o primeiro recebeu R$ 2 milhões em consultorias, em pagamentos mensais entre R$ 30 mil e R$ 50 mil.

Sobre Mantega, ele relatou um aporte de US$ 5 milhões na empresa de um de seus filhos, que jamais chegou a ser recuperado, e pagamentos mensais ao empresário Victor Sandri, amigo do ex-ministro.

Joesley disse ainda ter pago R$ 100 milhões ao PMDB, por meio de um contrato com o empresário Lúcio Funaro, que alega ter sido contratado para apoiar a fusão entre os grupos JBS e Bertin.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247