Lemann quer comprar mais distribuidoras da Eletrobrás

A Equatorial Energia, grupo privado ligado ao bilionário Jorge Paulo Lemann, tem apetite por outras distribuidoras da Eletrobras, previstas para serem leiloadas no fim de agosto, afirmou o diretor financeiro e de relações com investidores da companhia, Eduardo Haiama; “estamos analisando”, afirmou o executivo, em teleconferência; “como eu digo, sempre que há ativos de distribuição à venda, a não ser que seja um evento muito, muito raro, você nos verá analisando eles”, completou

Lemann quer comprar mais distribuidoras da Eletrobrás
Lemann quer comprar mais distribuidoras da Eletrobrás (Foto: Kris Snibbe)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Equatorial Energia, grupo privado ligado ao bilionário Jorge Paulo Lemann, tem apetite por outras distribuidoras da Eletrobras, previstas para serem leiloadas no fim de agosto, afirmou o diretor financeiro e de relações com investidores da companhia, Eduardo Haiama. “Estamos analisando”, afirmou o executivo, em teleconferência. “Como eu digo, sempre que há ativos de distribuição à venda, a não ser que seja um evento muito, muito raro, você nos verá analisando eles”, completou.

"A companhia venceu hoje o leilão da Cepisa, distribuidora da Eletrobras no Piauí, sendo a única proponente.

As demais distribuidoras previstas a irem a leilão são Amazonas Distribuidora de Energia (AM), Eletroacre (AC), Ceron (RO), Boa Vista Energia (RR) e Ceal (AL). Com relação à última, a privatização está suspensa por uma liminar específica do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski"

Leia mais aqui

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email