Lucro da Usiminas vai mal em 12 meses, mas bem em 2011

Empresa de siderurgia e minerao registra queda de 62% na comparao com o segundo trimestre de 2010, mas desempenho melhora neste ano

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_A Usiminas registrou um desempenho curioso no segundo trimestre. Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve queda de 62% no lucro líquido de R$ 415 milhões para R$ 157 milhões. Mas, em relação aos primeiros três meses do ano, o crescimento no lucro foi de impressionantes 881%. Isso porque o primeiro trimestre de 2011 foi um dos piores resultados da história da empresa, com o lucro líquido de R$ 16 milhões. Os investidores ficaram gostaram e o papel USIM5 subiu mais de 1,2% no pregão desta terça-feira 2. No ano, a ação cai 42,4%.

No segundo trimestre, a geração de caixa da Usiminas, medido pelo Ebtida, caiu 58% na comparação anual e cresceu 8% na trimestral para R$ 365 milhões. A companhia produziu um volume de 1,86 milhão de toneladas de aço bruto, crescimento de 4% sobre o primeiro trimestre, mas queda dos mesmos 4% em 12 meses. Por unidade de negócio, todas as aéreas da empresa apresentaram evolução sobre o primeiro trimestre. A margem de siderurgia cresceu de 4% para 7% e a de mineração subiu de 65% para 68%.

A empresa siderúrgica justifica que o setor mundial de aço sofreu com o excesso de oferta, o que derrubou os preços e prejudicou os resultados do segundo trimestre. "Os principais indicadores evoluíram apontando um movimento de desaceleração que parece ter-se generalizado entre os setores da economia. As expectativas de melhoria dos negócios nos próximos meses sustentam um cenário de moderado otimismo", diz o texto do balanço da Usiminas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email