Lucro do Bradesco, Itaú e Santander cresce 10,84% e vai a R$ 59,6 bi

Os três maiores bancos privados do país, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander, registraram um lucro líquido recorrente de R$ 15,713 bilhões no quarto trimestre do ano passado, 13% acima do apontado no mesmo período do ano anterior, que foi de R$ 13,894 bilhões; ao longo de 2018, estas instituições financeiras registraram lucro de R$ 59,695 bilhões, 10,84% maior que em 2017, quando este valor chegou a R$ 53,856 bilhões

Lucro do Bradesco, Itaú e Santander cresce 10,84% e vai a R$ 59,6 bi
Lucro do Bradesco, Itaú e Santander cresce 10,84% e vai a R$ 59,6 bi

247 - Os três maiores bancos privados do país, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander, registraram um lucro líquido recorrente de R$ 15,713 bilhões no quarto trimestre do ano passado, 13acima do apontado no mesmo período do ano anterior, que foi de R$ 13,894 bilhões. Ao longo de 2018, estas instituições financeiras registraram lucro de R$ 59,695 bilhões, 10,84% maior que em 2017, quando este valor chegou a R$ 53,856 bilhões.

A expectativa para este ano é que o lucro cresça ainda mais. No Bradesco, a projeção é para um crescimento de 20%. Já o Itaú projeta um crescimento de 11%. O Santander não divulgou suas projeções para este exercício. As expectativas estão relacionadas ao potencial da expansão da carteira de crédito. No Bradesco, a meta é que os empréstimos passem de 9% para 13%, enquanto o Itaú projeta um aumento tipo de operação para 11%, contra os 8% atuais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247