Luiz Estevão fez um grande negócio

Enquanto seus bens estiveram bloqueados, ele se beneficiou do maior boom imobiliário da história recente e fez um patrimônio de R$ 20 bilhões

Primeiro senador cassado na história da República, o brasiliense Luiz Estevão nunca apareceu nas listas de bilionários da Forbes e ninguém seria capaz de imaginar que o empresário candango, dono do grupo OK, fosse dono de um patrimônio imobiliário estimado em R$ 20 bilhões. Sendo verdade, ele seria um dos homens mais ricos do Brasil, rivalizando com figurões como Eike Batista, da EBX, e Jorge Paulo Lemann, da Ambev.

O número se tornou público agora, depois que Estevão assinou um acordo com a Advocacia Geral da União para restituir aos cofres públicos o valor de R$ 468 milhões – num primeiro pagamento de R$ 80 milhões e outras 96 prestações de R$ 4 milhões. Foi a forma encontrada para que ele pagasse o que foi desviado da obra superfaturada do Tribunal Regional do Trabalho, notabilizado como o “Fórum do Lalau”, numa alusão do juiz responsável pelas obras, Nicolau dos Santos Neto.

Nos últimos dez anos, Estevão teve seus bens bloqueados em razão dessa pendenga judicial. O que parecia uma punição, na verdade, foi uma benção. Sem poder vender seus imóveis, ele se beneficiou do maior boom imobiliário da história recente – que foi ainda mais acentuado em Brasília, onde os terrenos são escassos e a valorização dos preços foi estratosférica. Ao fechar o acordo com a União, comemorado pelos advogados da AGU como um marco no combate à corrupção, Estevão pôde até tripudiar. Seus advogados, que negaram o reconhecimento de culpa, afirmaram que o valor a ser pago representa uma “parcela ínfima” do patrimônio do ex-senador.

Livre, leve e solto, Luiz Estevão voltará a agora a empreender. O bloqueio dos bens fez dele um homem mais rico, mas não mais limpo. Tomara que faça bons negócios, cumpra suas obrigações no setor privado, mas que não volte a sonhar com a política, uma vez que espírito público não é exatamente o seu ponto forte.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247