Economia

Lula na JBS: "essa carne vai ter muitos chineses comendo"

Presidente destacou que o Brasil passará a fornecer carne de alta qualidade. "Quanto mais qualidade tiver, mais a gente exporta", disse Lula

Imagem Thumbnail
Presidente Lula visita planta frigorífica da JBS em Campo Grande (Foto: Ricardo Stuckert)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acompanhou, nesta sexta-feira (12), um evento marcante para a JBS em Campo Grande, Mato Grosso do Sul: o primeiro embarque de carne para a China a partir de plantas recém-habilitadas para exportar ao país asiático. 

A planta é uma das 38 recentemente habilitadas pelo governo chinês para exportação, ampliando o número de instalações brasileiras autorizadas para 144, com diversas especializações incluindo bovinos, frangos e suínos.

Durante o evento, o presidente Lula expressou admiração pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, enfatizando o sucesso alcançado pela empresa sob sua liderança. "Isso é motivo de orgulho, saber que se a gente quiser a gente faz tudo que a gente sonhou. A gente só não faz se a gente for covarde, não ter ousadia e não tiver crença naquilo que a gente pensa," declarou Lula.

Além disso, Lula destacou a importância do agronegócio na diplomacia e comércio externo do Brasil. "É uma homenagem que a China faz para o Brasil. Para que mostremos ao Xi Jinping, vamos bater uma salva de palmas para o embaixador chinês. Daqui alguns dias, essa carne vai ter muitos chineses comendo, para a alegria dos chineses que estão comendo e para nós que estamos vendendo," disse ele durante o evento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O presidente também mencionou a crescente influência da tecnologia na vida cotidiana e a importância de manter relações humanas autênticas. "Uma parte de nós está virando algoritmo. A primeira coisa que faz quando acorda é pegar o celular e ver se tem alguma bobagem para assistir. E à noite, ao invés de beijar e abraçar os filhos... não existe mais bênção," refletiu Lula.

Com um olhar para o futuro, Lula anunciou planos de expandir a venda de carros no Brasil e elogiou os investimentos das montadoras no país. Ele também relembrou os desafios enfrentados durante sua carreira política, afirmando: "Eu estava preso por conta da maior mentira contada na história desse país."

O presidente se mostrou otimista em relação ao futuro do comércio exterior do Brasil. "Em mais 10 anos podemos chegar a 1 trilhão de dólares em fluxo de comércio exterior. Temos capacidade de vender e de produzir e mercado para consumir," projetou Lula, destacando a necessidade de uma diplomacia ativa e engajada.

O investimento anunciado pela JBS de R$ 150 milhões para a expansão da unidade Campo Grande II sublinha o potencial do Brasil no agronegócio global e reforça o compromisso do país com o crescimento e a sustentabilidade do setor.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO