Mães receberão mais Eletroeletrônicos

Esse tipo de presente dever ser o grande impulsionador das vendas do comrcio no Dia das Mes na Regio Metropolitana de Recife (RMR) e no municpio de Caruaru, principal polo econmico do Agreste pernambucano; a estimativa da Fecomrcio-PE, que realizou pesquisa sobre o assunto

Mães receberão mais Eletroeletrônicos
Mães receberão mais Eletroeletrônicos (Foto: Marcello Casal JR/ABr)

PE247 - A venda de eletroeletrônicos será o grande impulsionador das vendas do comércio no Dia das Mães na Região Metropolitana de Recife (RMR) e em Caruaru, principal polo econômico do Agreste, segundo levantamento da Federação do Comércio de Pernambuco (Fecomércio-PE). Pela primeira vez, a pesquisa da entidade não aponta a venda de vestuários e calçados como principal opção presente para a data. A amostra aborda a visão do que os consumidores pretendem comprar e qual a expectativa de venda dos comerciantes.

De acordo com os dados da pesquisa, um em cada quatro consumidores deverá presentear com algum artigo eletrônico. “No ano passado, os eletroeletrônicos já haviam suplantados os calçados e perfumes, que aparecem em terceiro e quarto lugar respectivamente em 2012. Mas é a primeira vez que superam os artigos de vestuário”, explica Luiz Kehrle, consultor da Fecomércio.

Mesmo com pequeno aumento de 2% no número dos que celebrarão a data este ano, o faturamento do varejo deverá crescer muito por conta da forte presença dos eletroeletrônicos. Os consumidores estão dispostos a gastar em média R$ 247,00 em 2012 contra R$ 186,00 em 2011. Levando-se em consideração as faixas de renda, o grande aumento no gasto com presentes deverá ocorrer na classe C, pois, nas classes de renda A e B, a maior concentração é com celebrações fora de casa em restaurantes/pizzarias e viagens.

Os empresários e gerentes tanto no comércio quanto nos serviços também estão otimistas para o Dia das Mães. Mais de 75% esperam vendas maiores do que em 2011 e somente cerca de 10% admitem queda no faturamento. “Nos serviços, os resultados são ainda mais positivos com quase 83% esperando crescimento contra menos de 5% de pessimistas”, ressalta consultor da Fecomércio , José Fernandes de Menezes. Em relação ao comércio, há uma estimativa que o faturamento no Dia das Mães crescerá 15,62% este ano. Comércio tradicional e shoppings esperam crescimento em torno de 15%, mas para os restaurantes/pizzarias e bares/lanchonetes as expectativas são de crescimento maior que 19%.

Já em Caruaru, principal polo econômico do Agreste pernambucano, a venda de eletroeletrônicos ficou em segundo lugar, atrás do setor de vestuários, mas também vai crescer. O aumento das vendas de eletroeletrônicos puxará o valor médio dos presentes que deve passar de R$ 169,00 para R$ 230,00. O número de pessoas que comprarão presentes este ano será somente cerca de 2% maior em relação a 2011, mas a expansão nos gastos deve crescer substancialmente.

Quanto ao setor empresarial, quando são consideradas todas as 425 empresas entrevistadas, a metodologia da Fecomércio-PE permite estimar em 9,2% o aumento esperado pelos empresários e gerentes. “Todavia, o setor de serviços está mais otimista do que o do comércio e espera um crescimento de 15,6%. Mesmo assim menor que o aumento previsto nos gastos dos compradores”, disse José Fernandes. Mas a ida a restaurante ou pizzaria cada vez mais ganha espaço, com mais de 28% das indicações totais. Ainda nas faixas de renda, mais de um terço dos entrevistados da classe C disse que celebrarão a data em restaurantes e/ou pizzarias.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247