Maior banco da Itália demite 4 mil

Cortes foram anunciados pela direo do Intesa Sanpaolo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Intesa Sanpaolo, maior banco da Itália em ativos, chegou a um acordo com líderes sindicais para reduzir seu quadro de funcionários em cerca de 4 mil pessoas. As partes chegaram a um acordo no final da noite de ontem, depois de três meses de negociações, informou hoj o principal grupo sindical dos bancários na Itália, conhecido como Fabi.

Pelo acordo, cerca de 3 mil funcionários deixarão o banco por meio de um programa de demissão voluntária, sendo que a maioria deverá antecipar a aposentadoria. Mais cortes deverão ser feitos mas o Intesa Sanpaolo se comprometeu a fazer novas contratações depois de atingir uma redução líquida de 4 mil empregos.

Em seu plano de negócios mais recente, o banco italiano alegou que sua folha de pagamento contava com um "excesso" de mais de 10 mil funcionários.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email