CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Manter preços de alimentos, energia e combustível sob controle são obsessão do presidente Lula, diz Alexandre Silveira

Assunto será o tema central de uma reunião nesta segunda-feira com o presidente Lula e os ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e de Minas e Energia, Alexandre Silveira

(Foto: ABR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que o controle dos preços para evitar a alta da inflação é uma “obsessão” do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Preço de alimento, preço de energia, preço de combustível, para que a gente possa, respeitando o mercado, combater a desigualdade”, disse o ministro em entrevista à GloboNews nesta segunda-feira (1). O assunto será o tema central de uma reunião agendada para esta segunda-feira entre ele, o presidente Lula e o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. 

Na entrevista, Silveira também destacou a busca por fontes de financiamento para promover a expansão das energias renováveis e sugeriu que os impostos sobre o setor de petróleo poderiam ser uma dessas fontes de recursos. “Ele [o petróleo] é uma grande fonte de financiamento de saúde e educação através do fundo social, e pode ser também, através de seus impostos, uma grande fonte de financiamento de preços módicos de energia elétrica”, observou. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ministro também alertou para a necessidade de evitar que os subsídios distorçam os preços da tarifa de energia elétrica, impactando negativamente os consumidores e a economia. “Segundo ele, “se tornou quase um hábito empurrar todos os subsídios na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), criando grande distorção no Brasil”. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO