Maria Silvia se antecipou a decisão do governo de demiti-la

Maria Silvia Bastos Marques pediu demissão ontem da presidência do BNDES; ela alegou decisões pessoais e anunciou sua decisão diretamente ao presidente Michel Temer que deixaria o cargo numa reunião marcada de última hora; segundo fontes do jornal O Globo, ela teria se antecipado a uma decisão do governo de exonerá-la porque avaliou que isso poderia ser anunciado em pouco tempo; Maria Silvia estava sob forte críticas dos empresários, que reclamavam de dificuldades para obter financiamentos em plena recessão

Michel Temer
 Maria Silvia Bastos Marques, 
Michel Temer  Maria Silvia Bastos Marques,  (Foto: José Barbacena)

247 - Maria Silvia Bastos Marques pediu demissão ontem da presidência do BNDES. Ela alegou decisões pessoais e anunciou sua decisão diretamente ao presidente Michel Temer que deixaria o cargo numa reunião marcada de última hora. Segundo fontes do jornal O Globo, ela teria se antecipado a uma decisão do governo de exonerá-la porque avaliou que isso poderia ser anunciado em pouco tempo.

Horas depois, o governo anunciou que o atual presidente do IBGE, Paulo Rabello de Castro, amigo do presidente Michel Temer e um nome mais próximo do empresariado, assumirá o comando do BNDES na próxima semana.

Maria Silvia estava sob forte críticas dos empresários, que reclamavam de dificuldades para obter financiamentos em plena recessão. Com o ajuste fiscal, o governo reduziu a atuação do BNDES na economia e restringiu a oferta de crédito no mercado. Mesmo com sobra em caixa, o banco terminou o ano de 2016 com desembolso de R$ 88,3 bilhões, o menor patamar desde 2007. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247