CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Meirelles defende juros altos, mesmo em recessão

"A política monetária clássica de alta de juros, transmitida à economia por canais como o crédito, o câmbio, a expectativa de inflação e outros, é inequivocamente a forma eficaz de combater a elevação de preços. Mesmo em ambiente recessivo, subir os juros é necessário pelo simples fato de a inflação estar alta", diz Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central

Meirelles defende juros altos, mesmo em recessão (Foto: PAULO PINTO)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O banqueiro Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central, defende o aperto monetário que vem sendo promovido pelo Banco Central, mesmo em ambiente recessivo, como o atual.

No texto Por quem os juros sobem, ele defende a tese. "O fato de o Banco Central subir os juros enquanto a economia está em recessão gera muita controvérsia. A razão da alta é simples: a inflação está elevada e, muito importante, as expectativas estão acima da meta para este e os próximos anos", afirma.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"A política monetária clássica de alta de juros, transmitida à economia por canais como o crédito, o câmbio, a expectativa de inflação e outros, é inequivocamente a forma eficaz de combater a elevação de preços. Mesmo em ambiente recessivo, subir os juros é necessário pelo simples fato de a inflação estar alta."

Meirelles afirma, ainda, que o ponto central é reverter as expectativas inflacionárias. "Independentemente de controvérsias, é necessário, portanto, que as medidas contra a inflação sejam suficientemente fortes e comunicadas com clareza para que haja queda consistente das expectativas para 2016 e 2017. Se convergirem à meta, permitirão redução considerável dos juros e retorno do crescimento."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO