Mercadante quer incentivo fiscal a celular

Ministro de Cincia, Tecnologia e Inovao quer estender aos telefones celulares os benefcios fiscais dados a computadores e tablets

Mercadante quer incentivo fiscal a celular
Mercadante quer incentivo fiscal a celular (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O governo quer estender aos telefones celulares os benefícios fiscais dados a computadores e tablets, desde que esses aparelhos tenham um determinado porcentual de peças e serviços nacionais."No tablet, quem produzir no Brasil pelo menos 20% de conteúdo local, que em três anos pode chegar a 80%, tem incentivo fiscal, com redução de imposto da ordem de 36%.

Queremos que esse mesmo modelo se estenda para os celulares", afirmou hoje o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, após participar do programa "Bom Dia, Ministro", da EBC.

O ministro lembrou que essa política também está sendo adotada na indústria automotiva, na qual veículos com 65% de conteúdo local têm uma alíquota menor de imposto. Disse ainda que a ideia deve ser estendida a outros produtos eletroeletrônicos."É isso que nós queremos na indústria automobilística, nos celulares e, depois, também nos televisores, na indústria eletroeletrônica", afirmou Mercadante.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email